MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Tags

TechEd 2010 – Eu estarei lá (como palestrante) e você?

Techedassinatura

Para quem não teve a oportunidade de ir a um destes eventos, saiba que é o maior evento técnico da Microsoft e um dos maiores encontros do Brasil. No site http://www.teched.com.br/2010 você poderá ter idéia dos anos anteriores clicando em “Anteriores”.

O Thiago Everton fez um guia interessante para os que são de fora de SP em Guia para Mochileiros de 1ª viagem ao TechEd Brasil.

Se vale a pena ir?    Eu vou todos os anos, só não pude ir no ano passado por ter viagem marcada para o Chile e me arrependi (Final do WinThe7, final de semana emocionante !!!!).

O meu primeiro TechEd nem foi no Brasil, foi em Atlanta USA em junho de 2001. Lá conheci pessoas que até hoje encontro pelos “corredores” e o Edu Campos que organizou o primeiro TechEd naquele ano de 2001 e fui palestrante. No TechEd de 2003 fui palestrante novamente e depois disso me afastei um pouco de eventos. No TechEd de 2008 participei na área de Hands On e no TechEd de 2009 eu participaria novamente, desta vez por causa do concurso WinThe7, mas como coloquei acima não pude completar.

Este ano vou ter o privilégio de participar novamente como palestrante pela terceira vez (2001-2003-2001) na track de Certificação. Espero rever e fazer novos amigos por lá. Por enquanto não recebemos a agenda nem detalhes, mas assim que receber atualizo o post.

A track Certificação será bem interessante. Por exemplo, sei que o Vinicius Apolinário (http://blogadmderedes.spaces.live.com/) irá fazer uma palestra sobre os exames de Exchange 2010. Eu farei sobre Sharepoint 2010 e Windows Application .NET Framework 4.0 e com certeza teremos de Windows 2008 R2, SQL Server 2008 R2 e outros produtos novos.

Track: CER - Certificação
Sessão: CER206
Nível: 200
Título: Dicas e Truques do Exame 70-667: Microsoft SharePoint 2010, Configuring
Descritivo: Dicas e Truques para quem deseja realizar o exame 70-667, válido para a certificação MCTS
Palestrante(s): Marcelo Sincic

Track: CER - Certificação
Sessão: CER205
Nível: 200
Título: Dicas e Truques do Exame 70-511: Windows Applications Development with Microsoft .NET Framework 4
Descritivo: Dicas e Truques para quem deseja realizar o exame 70-511, válido para a certificação MCTS
Palestrante(s): Marcelo Sincic

Posted: jul 13 2010, 14:44 by msincic | Comentários (1) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Certificação

ATUALIZADO 12/07/10: Windows Server 2008 R2 SP1 e Windows 7 SP1 está disponivel em Beta 1

Link de detalhes: http://www.microsoft.com/windowsserver2008/en/us/sp1.aspx
Link para download: http://www.microsoft.com/windowsserver2008/en/us/trial-software.aspx
Post com os testes do SP1 no Hyper-V: http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Hyper-V-com-Service-Pack-1-Beta.aspx

Nota: O download para o Windows 2008 R2 e do Windows 7 são o mesmo pacote.

Win7SP1

Foi anunciado hoje pelo time de produtos que o SP1 do Windows Server 2008 R2, e consequentemente, o SP1 do Windows 7 estará em breve na fase Beta. A versão final está prevista para julho.

São destacados dois recursos novos, alem dos diversos hotfix e implementações de segurança:

  1. RemoteFX - Uma nova interface para usuário remoto que permite entregar toda a interface rica do Windows, o que inclui transparencias e efeitos de animação
    Veja mais detalhes em http://blogs.technet.com/b/virtualization/archive/2010/03/18/explaining-microsoft-remotefx.aspx
  2. Dynamic Memory - Assim como já existe memórias hotswap será possivel fazer isso em maquinas virtuais baseadas no Hyper-V. Este recursos é bem interessante se pensarmos em balancear memória "a quente" quando uma VM estiver precisando de mais memória momentaneamente.
    Veja mais detalhes em http://blogs.technet.com/b/virtualization/archive/2010/03/18/dynamic-memory-coming-to-hyper-v.aspx

Opinião pessoal: O RemoteFX permitirá ter o ambiente VDI (desktop virtual) mais próximo do que o usuário hoje tem em uma maquina standalone. Não sei se isso sinceramente seria um produto rentável, então por isso ele estar em um Service Pack e não Release. Quanto ao Dynamic Memory esse sim é fantátisco e fará diferença !!!!

Já o SP1 do Windows 7 não promete mudanças, sendo apenas um pacote com todas as correções até o momento.

Fonte: http://blogs.technet.com/b/windowsserver/archive/2010/06/07/coming-soon-windows-server-2008-r2-sp1-beta.aspx

Posted: jul 12 2010, 14:10 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 2008 | Windows 7

WebMatrix: Gerenciador para desenvolvimento de sites (WPI 3 Beta)

A Microsoft disponibilizou uma nova versão do Web Platform Installer V3 Beta. Já havia postado sobre a versão 1 e 2 (http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Microsoft-Web-Platform.aspx) e agora temos acréscimo na versão 3 não apenas de aplicações web mas também de aplicações para desenvolvimento.

Agora são distribuídas as versões do Visual Studio Web Developer 2010, SQL Server 2008 R2 e versões recentes das aplicações como BlogEngine, WordPress, Moddle, etc. Porem foram acrescentadas novas aplicações muito interessantes:

WPI-3

  • O Microsoft Azure Tools é um pacote de utilitários que acrescentam ao Visual Studio o suporte a gerenciar e implementar aplicações no Azure, ambiente de cloud da Microsoft
  • Windows Server AppFabric é um servidor que permite hospedar os serviços que utilizam WCF
  • O WebMatrix é um gerenciador de sites web, muito interessante. Não apenas gerenciar páginas e faz a implementação no site, mas inclui relatórios e ferramentas para análise do site. Vou falar um pouco mais do WebMatrix.
  • IIS Express que é superior ao atual Web Server do Visual Studio por ser uma única instancia ao invés das individuais que o VS cria, como a imagem abaixo.
IIS Express

Nota: O WebMatrix não é um editor de páginas, ele apenas cria as páginas vazias sendo necessário o Visual Studio 2010 (pode ser o Express) para editar as páginas e códigos.

A tela inicial abaixo do WebMatrix já mostra bem o que ele faz. Diferente do WebMatrix do ASP 1.0 que era um micro Interdev, este tem tarefas de gerenciamento de arquivos de um site, banco de dados e relatórios do seu site. Note a interface gráfica que está se tornando um padrão nos novos produtos da Microsoft, com a Ribbon e as tarefas separadas por splits na parte de baixo do painel, com detalhamento na parte central da tela.

 

WebMatrix

Nesta segunda tela vemos as opções ao clicar na opção “Site” acima. Note no menu que uma sacada interessante é a opção de executar o site tanto no IE quanto no Firefox, o que vai facilitar para testes de desempenho e compatibilidade em múltiplos browsers. Note também a possibilidade de incluir novos arquivos no site, mas lembre-se da nota anterior de que é necessário clicar no botão “Visual Studio” para editar as páginas e arquivos com os wizard, já que o WebMatrix só suporta modo texto.

WebMatrix-1

Nas tarefas “Databases” temos uma série de ferramentas para manipular um banco de dados embutido no site. Para quem ainda não conhece, este recurso foi introduzindo do Framework 3.x e permite abrir arquivos com extensão mdf diretamente no IIS, tendo as funções do SQL Server totalmente compatíveis. Isso facilitou muito para quem hospeda sites e não tinha a opção de instalar um banco de dados. Com os wizards do WebMatrix é possível criar databases, tabelas, índices, executar queries, etc..

WebMatrix-DB

Algo que me chamou atenção foi a tela de Reports com a opção de gerar um relatório de análise SEO utilizando o Bing. Este recurso é muito importante para o desenvolvedor já ter antes da publicação do sites dicas e um relatório de como o site será visto pelos SEOs (sites de busca) quando for publicado. Isso aumenta muito a eficiência das pesquisas e permitirá ao desenvolvedor fazer as customizações sem conhecer tudo sobre SEO.

WebMatrix-Reports

WebMatrix-Reports-2

É isso ai, para quem quiser baixar e começar a usar as ferramentas vá ao link http://www.microsoft.com/web/webmatrix/download/
Posted: jul 07 2010, 16:27 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: .NET | IIS | Visual Studio

Atualizações nas ferramentas SysInternals ZoomIt e Desktops

Junto com o Process Explorer e o Disk2VHD o ZoomIt e o Desktops são as ferramentas da SysInternals que eu mais utilizo.

Esta semana foram liberadas versões novas destes dois aplicativos e vou destacar as mudanças e o objetivo de cada um deles:

zoomit-logo

Esta ferramenta é utilizada em apresentações e treinamentos para destacar parte da tela. Ao instalar é possivel configurar a tecla que irá fazer o zoom ESTÁTICO, por default o Alt+1. A novidade é que o ZoomIt agora é compativel com o LiveZoom do Windows 7 e do Windows 2008 fazendo com que o zoom seja “vivo”, ou DINAMICO permitindo clicar em botões, preencher caixas de texto e todas as funções mesmo com o zoom ativo. Muito bom !!!!

zoomit

desktops-logo

A ferramenta Desktops é muito conhecida como virtual desktops no Linux e já existia em ferramentas para XP e Windows 2003. Porem agora ele ficou compatível com o Windows 7 e Windows 2008 R2 com Aero habilitado. A função do programa é gerar 4 desktops virtuais para organizar os programas que vc abre, permitindo que programas de tela cheia fiquem em cada um dos desktops. Note que nos desktops virtuais não é ativado o AERO e que as teclas de atalho, como por exemplo WIN+X, aparecem apenas no Desktop 1 que é o principal.

desktops

Bom proveito e caso deseje ficar informado sobre todas as novas versões de utilitários da SysInternals siga o RSS http://blogs.technet.com/b/sysinternals/rss.aspx

Posted: jun 30 2010, 08:58 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Outros | Windows 2008 | Windows 7

FAQ: Uso de e-CPF ou e-CNPJ para autenticação de aplicações

A algum tempo que atualizo e mantenho atualmente no MSDN um documento de como utilizar certificados digitais na autenticação de clientes (http://msdn.microsoft.com/pt-br/library/ee923720.aspx).

Porem, neste artigo abordamos a autenticação utilizando certificados emitidos pelo próprio cliente com uma CA seja no Windows 2003 ou no Windows 2008 (para as diferentes versões do Windows veja o link http://www.marcelosincic.com.br/blog/page/Artigos-e-Apostilas.aspx.

Recebo semanalmente perguntas e dúvidas sobre como utilizar o e-CNPJ e o e-CPF para fazer a autenticação e resolvi fazer este post em forma de FAQ das principais perguntas que recebo.

1. É necessário ter um certificado de autoridades públicas para autenticar e-CPF ou e-CNPJ?

Resposta: É necessário ter um certificado válido para instalar no seu IIS. Nos artigos acima a raiz certificadora (CA) não é válida na internet e a CRL muitas vezes está em um ambiente interno. Esta característica faz com que o browser não reconheça a CA ou não acesse a CRL e rejeite o certificado com a mensagem de erro devida. Como o browser não validou o certificado do servidor, ele não irá solicitar para o cliente o certificado dele.

2. Este certificado tem que ser emitido por uma certificadora vinculada ao ICP-Brasil (SERASA, CertiSign, CEF e outras) para autenticar e-CPF ou e-CNPJ?

Resposta: Teoricamente não, mas é preferencial. O problema de utilizar uma certificadora não vinculada a raiz do ICP-Brasil é que a autoridade não estará na lista de confiança, e mesmo podendo ser adicionada manualmente (veja questões abaixo) em alguns casos pode ocorrer a leitura parcial do certificado.

3. Eu tenho um e-CPF ou e-CNPJ e o meu servidor é certificado pela ICP-Brasil e mesmo assim não solicita o meu certificado. Porque?

Resposta: Você precisa montar a lista de autoridades certificadoras para que o certificado seja aceito e o motivo é que o ICP-Brasil não é um único emissor nem um único CA (veja questões abaixo). Para montar a lista de certificadoras aceitas verifique no documento do MSDN no inicio do post.

4. Alguns cartões ou tokens são aceitos e outros não, o que está acontecendo?

Resposta: O ICP-Brasil apresenta duas características que podem causar isso. A primeira é que a cadeia dos certificados é, por exemplo, “Autoridade Certificadora Brasileira –> Secretaria da Receita Federal (RFB) –> SERASA” e você irá precisar colocar o primeiro nível como “Autoridades Raiz Confiáveis” e as duas seguintes como “Autoridades Intermediarias Confiáveis” (veja como na continuação das perguntas).
O outro problema é que existem duas “Autoridade Certificadora Brasileira” que é o nome apenas e outras com “v1”. Ou seja, cartões e tokens emitidos antes de 2009 utilizam o certificado da primeira versão e os mais atuais da “v1” que é a mais recente. Portanto você precisará instalar os dois como raízes confiáveis.

5. Mesmo colocando os dois “Autoridade Certificadora Brasileira” na lista de confiáveis o token não aparece. Porque?

Resposta: Não é apenas a raiz que tem variações, mas também os certificados intermediários, que podem ser a “Secretaria da Fazenda”, “Receita Federal”, “SERAZA”, “CertiSign”, etc. Você precisa colocar estes como “Autoridades Intermediárias Certificadoras Confiáveis” (como encontrar todas elas veja perguntas abaixo).

6. Como incluo as raízes e intermediárias do ICP-Brasil no meu servidor?

Resposta: Abra o MMC e adicione o snap-in “Certificados” mas note que não “Usuário” e sim “Computador”. Não basta apenas dar duplo clique no arquivo “cer” para incluir, porque neste caso você estaria incluindo no usuário e não na máquina. Após incluir o snap-in clique com o botão direito nos locais e use a opção “Importar”. Veja na imagem abaixo onde deve ser incluído os certificados raízes “Autoridade Certificadora Brasileira” e os intermediários “Serasa”, “Certisign”, “RFB”, etc:

image

 

7. Onde encontro a lista com todos os certificadores e os certificados emitidos por eles?

Resposta: Utilize este endereço: http://www.iti.gov.br/twiki/bin/view/Certificacao/RepositoriodaACRaiz que contem as informações de todos os certificados existentes tanto as duas raízes quanto suas intermediárias. Note que indica quais os tipos de certificados e no caso do ICP-Brasil são A1 e A3.

8. No Internet Explorer e no Chrome funcionou logo na primeira vez e no Firefox não, o que acontece?

Resposta: O IE e o Chrome já possuem o ICP-Brasil na lista de autoridades, já o Firefox até hoje não implementou (http://br.mozdev.org/drupal/2008/07/icp-brasil-deve-ser-adicionado-ao-firefox) e é necessário fazer manualmente. No post da Mozilla ou no do ITI na pergunta anterior siga as instruções, lembrando que deve ser feito no cliente. Porem, note que o aplicativo do leitor do cartão normalmente tem a opção para fazer essa inclusão de forma automática.

9. Como leio os dados do certificado alem do “subjet” citado no artigo do MSDN?

Resposta: Utilizando o código abaixo é possivel ler os dados em uma aplicação Windows Form, basta converter o “Request.Certificate” que consta no artigo para o tipo X509Certificate2:

System.Security.Cryptography.X509Certificates.X509Store Lista =
    new System.Security.Cryptography.X509Certificates.X509Store();
Lista.Open(System.Security.Cryptography.X509Certificates.OpenFlags.IncludeArchived);
for (int Contador = 0; Contador < Lista.Certificates.Count; Contador++)
{
    System.Security.Cryptography.X509Certificates.X509Certificate2 Certificado = Lista.Certificates[Contador];
    MessageBox.Show(Certificado.ToString());
    string Dados = Certificado.Subject;
    listBox1.Items.Add(Dados);
    if (Dados.IndexOf("e-CPF") > 0 || Dados.IndexOf("e-CNPJ") > 0)
    {
        Dados = Dados.Remove(0, Dados.IndexOf(":") + 1);
        Dados = Dados.Remove(Dados.IndexOf("OU=") - 2);
        listBox1.Items.Add("e-CPF/e-CNPJ = " + Dados);
    }
}

 

Espero ter respondido as principais perguntas, e caso surjam novas vou atualizando este post.

Posted: jun 27 2010, 10:29 by msincic | Comentários (4) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: .NET | IIS | Outros
Login
Marcelo de Moraes Sincic | All posts tagged 'mp'
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Tags

Novos SCOM Management Pack Para Windows Server 2012 e SCCM 2012 SP1–Atualizado em 20/05/2013

Recentemente foram liberados diversos Management Packs do System Center Operations Manager para Windows Server 2012.

Vários já estavam disponiveis, sendo os mais recentes:

Exchange Server 2013 Management Pack

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=39039

Windows Server DNS 2012

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=37141
J2EE, JBoss, Tomcat, Weblogic, WebSphere http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=29270

Windows Server Cluster

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=2268

Windows Server Network Load Balancing

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=13302

Windows Deployment Services

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=36817

Windows Server File & iSCSI Services

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=34970

Windows Server Hyper-V 2012

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=36438

Windows Server Backup

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=36390
Network Devices with Extended Monitoring Capability http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=26831

Monitoring Pack for System Center 2012 - Configuration Manager

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=34709

Monitoring Pack for Message Queuing

http://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=36775

É importante lembrar que todos os Management Packs podem ser encontrados pelo Pinpoint em http://systemcenter.pinpoint.microsoft.com/en-US/applications/search/operations-manager-d11?q=

Destaque para o pacote Network Devices que inclui recursos adicionais para equipamentos que suportem as interfaces MIB (RFC 2863) e MIB-II (RFC 1213), como a lista de VLANs para cada porta.

No Pinpoint podem ser encontrados os MPs tanto da Microsoft quanto de terceiros, sendo que os da Microsoft são gratuitos e os de terceiros na maioria pagos.

Se deseja procurar apenas os MPs gratuitos é possivel com o filtro: http://systemcenter.pinpoint.microsoft.com/en-US/applications/search/operations-manager-d11?fp=0&q=

Alem do filtro para gratuitos, é possivel filtrar pelo menu a esquerda pelo periodo em que foram liberados, sendo que demoram entre 1 a 2 semanas para serem publicados, como é o caso do primeiro da lista acima.

Posted: mai 20 2013, 00:36 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Login