MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews The process cannot access the file 'D:\home\site\wwwroot\Visitas2.xml' because it is being used by another process. 2020: 20184492
Pageviews 2019: 4355776
Pageviews 2018: 4296564
Pageviews 2017: 4351543
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

PowerPoint do Webcast Integrando Aplicações Java com .NET

Para quem não conseguiu assistir, segue o link original da inscrição, basta clicar para poder fazer o download do evento gravado: http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/MSDN-Webcast-Integrando-Web-Services-Java-2-EE-com-NET-Quinta-dia-275-as-2100.aspx

Segue também a apresentação:

 Integrando Web Services J2EE com.pdf (830,34 kb)

Posted: mai 28 2010, 10:05 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: .NET

MSDN Webcast: Integrando Web Services Java 2 EE com .NET Quinta dia 27/5 as 21:00

Este webcast já estava agendado para acontecer no inicio deste mes, mas tive problemas de saude e foi necessário adiar.

Já estamos com as demos prontas e iremos mostrar com o GlassFish e NetBeans como criar web services com suporte do Metro para passagem de dados entre o J2EE e o .NET, tanto em SOAP quanto RESTful. Vale a pena !!!!

Idioma(s):  Português. 
Produto(s):  Microsoft .NET. 
Público(s):  Dev/Programador Pro. 
Apresentador(es):  André Selim,  Marcelo Sincic 
Duração:  60 Minutos 
Data de Início:  quinta-feira, 27 de maio de 2010 20:00 Brasília  

Registro: https://msevents.microsoft.com/CUI/WebCastEventDetails.aspx?EventID=1032452768&EventCategory=4&culture=pt-BR&CountryCode=BR

Visão Geral do Evento 

Neste webcast abordaremos a integração de web services utilizando os dois ambientes distintos, um servidor executando Java 2 Enterprise em ambiente não-microsoft (GlassFish) e outro servidor executando IIS 7 e .NET. Iremos demonstrar como fazer a chamada em REST e SOAP dos web services do Java em .NET e do .NET no Java. Também apresentamos algumas das incompatibilidades entre os ambientes e como resolvê-los.

Palestrante: Marcelo Sincic, Desenvolvedor desde 1989 com Clipper S'87 e Dbase III rodando em Novell 2.0, atualmente é Certificado Microsoft como MCITP, MCTS, MCPD, MCSA, MCDBA, MCAD e MCT, pela IBM como CLP Domino 6.5 e pela SUN como Java Trainer. Possui certificação em .NET, Sharepoint, Windows 7, Windows 2008, SQL Server 2008 e outros produtos Microsoft, estando entre os primeiros no mundo a obterem as certificações MCTS no Windows 2008 e MCITP para Windows 7 com o titulo Charter Member. Atualmente presta consultoria e atua como instrutor .NET e plataforma Microsoft. Perfil completo em http://www.marcelosincic.com.br/blog/page/Sobre-o-Autor.aspx
 
Palestrante: André Selim, escreveu suas primeiras linhas de código em 1992 em Clipper e Dbase IV, posteriormente dedicando-se ao desenvolvimento de soluções fazendo uso do pacote Microsoft Office e Visual Basic. Atualmente esta focado em ferramentas IBM, mas especificamente em soluções de colaboração utilizando Lotus Notes e Domino. Nos últimos três anos trabalhou em projetos na IBM Brasil - GBS, onde implementou uma solução customizada de busca utilizando Domino , Java e Web Services. Certificado Microsoft como MCP, e IBM como IBM Certified Instructor e IBM Certified Professional para Administração e Desenvolvimento em Lotus Notes. Educador por vocação sempre procurou conciliar treinamento as atividades de consultoria, tendo sido professor nos cursos de graduação em Sistemas de Informação na Uniban e nas Faculdades Integradas Rio Branco. Atualmente dedica-se a atividades de treinamento e consultoria.

Posted: mai 25 2010, 11:36 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: .NET

Free eBook: Movendo do Visual Studio 2005 e 2008 para o Visual Studio 2010

A Microsoft liberou gratuitamente o download da versão Draft do livro Moving To Microsoft Visual Studio 2010. Este livro é interessantissimo pois aborda as mudanças levando em conta a versão que você utiliza atualmente, portanto, não é um livro para iniciantes.

O fato de ser draft indica que não está com a revisão completa e que são partes do livro e não ele inteiro. Obvio que quando estiver completo não haverá mais o download.

Note que o draft está sendo liberado em partes, sendo que até o momento só as partes II e III, que por sinal são as mais interessantes:

  • Parte I: Migração do Visual Studio 2003 para o Visual Studio 2010
  • Parte II: Migração do Visual Studio 2005 para o Visual Studio 2010
  • Parte III: Migração do Visual Studio 2008 para o Visual Studio 2010

Link para download: http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?displaylang=en&FamilyID=560a5365-5c62-488a-91ed-a779e0e33ac4

Fonte: http://blogs.msdn.com/microsoft_press/archive/2010/05/13/free-ebook-moving-to-microsoft-visual-studio-2010-draft-preview-ii.aspx

Posted: mai 13 2010, 15:23 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: .NET

MSDN Webcast: Integrando Web Services Java 2 EE com .NET

Visão Geral do Evento

Neste webcast abordaremos a integração de web services utilizando os dois ambientes distintos, um servidor executando Java 2 Enterprise em ambiente não-microsoft (GlassFish) e outro servidor executando IIS 7 e .NET. Iremos demonstrar como fazer a chamada em REST e SOAP dos web services do Java em .NET e do .NET no Java. Também apresentamos algumas das incompatibilidades entre os ambientes e como resolvê-los.

 

Idioma(s): Português.
Produto(s): Microsoft .NET.
Público(s): Dev/Programador Pro.
Apresentador(es):
André Selim,  Marcelo Sincic
   
Duração: 60 Minutos
Data de Início:
quinta-feira, 27 de Maio de 2010 20:00 Brasília

   

Link para registro: https://msevents.microsoft.com/CUI/WebCastEventDetails.aspx?EventID=1032452768&EventCategory=4&culture=pt-BR&CountryCode=BR

Posted: mai 10 2010, 16:28 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: .NET

Preparação para os exames beta do VS2010

Para quem ainda não tentou, tem vagas para os exames beta do Visual Studio 2010 (exceto o 70-515), e os codigos estão no blog do pessoal de Leaning (http://borntolearn.mslearn.net/btl/b/weblog/archive/2010/03/17/register-for-visual-studio-2010-beta-exams.aspx). Os exames que estão abrindo no beta são 70-511, 70-513, 70-515, 70-516, 70-518 e 70-519.

Ainda hoje recebi um email aqui pelo blog do Vinicius que me perguntou como se prepara para um exame assim. Eu já fiz alguns exames beta, Windows 2008 Network e AD, MCPD Upgrade, SQL Server 2008, Windows 7, Virtualization e recentemente o Windows Mobile 6.5. Não passei em todos, não fui aprovado no MCPD Upgrade e no Windows 2008 Virtualization Technologies. Agora no VS2010 só me cadastrei para os betas 70-515 (ASP.NET 4) e no 70-516 (ADO.NET) porque não vou ter tempo de estudar para todos.

Nos exames abertos do VS2010 há uma caracteristica em comum para quem for estudar. NÃO SÃO EXAMES DE ATUALIZAÇÃO, portanto, não é necessário para quem conhece o VS2008 entrar em desespero. Basta estudar os novos tópicos, o que é bem menos doloroso e tem documentação disponivel. Eu vou estudar utilizando duas ferramentas. Vai exigir de você tempo, mas vai valer a pena, e se fosse fácil não teria valor !!!!

  1. Guides dos exames onde indicam o percentual de cada assunto e detalha o que é preciso estudar
  2. Pelo MSDN procure os tópicos What´s New sobre cada um dos tópicos

Porque estudar desta forma?

  1. Primeiro porque você poderá focar no que mudou ao invés de se cansar estudando coisas que já conhece
  2. Você se verá obrigado a instalar o VS2010 e estudar de verdade, com documentação que o obrigará a fazer os exercicios para entender ao invés de apenas ficar lendo dicas de outros
  3. Você aprenderá de verdade, e esta é a diferença entre quem fica lendo dicas de outros que sabem mais porque estudaram !!!
  4. Passar em um exame beta é um privilégio de poucos, por isso recebem o certificado com o titulo Charter Member
  5. Mesmo que não passe no beta, o seu apredizado foi efetivo

Mãos a obra e vamos mostrar que realmente estamos preparados para novos produtos !!!!!

Posted: mar 22 2010, 21:15 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: .NET | Certificação
Login
Marcelo de Moraes Sincic | All posts tagged 'cpls'
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Pageviews 2020: 20184492
Pageviews 2019: 4355776
Pageviews 2018: 4296564
Pageviews 2017: 4351543
Pageviews 2016: 3991973
Pageviews 2015: 2675433
Pageviews 2014: 2664208
Pageviews 2013: 2399409
Pageviews 2012: 3209633
Pageviews 2011: 2730038
Pageviews 2010: 1470924
Pageviews 2009: 64608

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Atualizado: Novas regras para Microsoft Certified Gold Partners e Learning Services

A algum tempo que a Microsoft está anunciando mudanças nos processos que envolvem a qualificação de parceiros. E como está ocorrendo esta semana WPC que é o encontro mundial de parceiros ficou mais claro algumas mudanças.

Documento com as regras de competencias (18-10-2010): Value%20of%20Earning%20a%20Micrsosoft%20Competency%20Guide%20June[1].pdf (1,65 mb)

Certified Partner Learning Services (CPLS)

Para se ter uma idéia de como era complicado ser um CPLS, era necessário entregar a Microsoft um Business Plan e estar em uma região onde não fosse causar problemas com os CPLSs já existentes no local. Isso valia até para os CPLSs que já existiam ao querer abrir uma filial em outro local. Ou seja, era um processo complexo e com um certo toque de corporativismo ao proteger os que já existiam.

Porem, este modelo gerava uma concorrência fraca, já que apenas um ou dois na mesma cidade ou região criava mercados fechados. Acordos entre os CPLSs eram comuns criando um custo muitas vezes inacessível ao aluno pessoa física. Tanto é que muitos clientes corporativos buscavam treinamentos em SP pois era mais barato devido a forte concorrência no estado.

Agora qualquer parceiro poderá ser um CPLS se tiver os MCTs (Microsoft Certified Trainer). Também ficou flexível a nível nacional, já que agora um CPLS pode ter filial onde ele quiser, não importando se na cidade ou região já existem outros. Isso irá possibilitar que novos parceiros surjam e que os atuais expandam o modelo de negócio para outros locais.

Certified Partner Gold

Estes estão passando por um momento delicado. Hoje um parceiro precisa ter, por exemplo, 4 MCPs (Microsoft Certified Professional) em uma tecnologia para ser qualificado como Gold. Essa regra não irá mudar.

Porem, muitos são certificados em mais do que uma tecnologia. Por exemplo, um mesmo profissional pode ser certificado em .NET e Sharepoint, ou Windows 2008 e SQL Server. Com isso contando com apenas 4 MCPs um parceiro conseguia ser Gold em duas ou mais competências.

Com a nova regra UM MCP só pode ser qualificado para UMA COMPETENCIA, ou seja, para o exemplo acima se manter o parceiro precisaria ter 8 profissionais, 4 para cada competência desejada. Por que essa mudança?

Conforme a explicação de Redmond os cliente contratavam um parceiro esperando que ele tenha um tipo especializado em determinada competência e na verdade o parceiro tem apenas 3 ou 4 profissionais que são a base de todas as competências ao mesmo tempo. Com a nova regra os parceiros irão possuir 3 ou 4 profissionais EM CADA COMPETENCIA, o que garante uma qualidade e especialização muito maior na solução do problema do cliente.

Fonte: http://borntolearn.mslearn.net/btl/b/weblog/archive/2010/07/14/about-those-new-partner-requirements.aspx

Posted: ago 19 2010, 10:02 by msincic | Comentários (2) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Certificação | Outros
Login