MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Resumo de 2012–Ano de Muitos Lançamentos e Trabalho a Comunidade

O ano de 2012 foi um dos mais agitados para a comunidade Microsoft com lançamentos em todas as linhas de produtos. Este foi o ano em que me afastei de vez da área de desenvolvimento e foquei definitivamente na área de infraestrutura, principalmente em gerenciamento de Datacenter com Windows Server e System Center.

Eventos em 2012

Logo em Janeiro recebi um prêmio do time de produtos System Center Operations Manager para participar o MMS 2012, evento focado em gerenciamento que ocorreu em Las Vegas no mês de Abril. Recomendo a todos que tiverem oportunidade de participarem este ano que será de 18 a 22 de Abril (http://www.2013mms.com/). O edição de 2012 foi especial, pois o lançamento do System Center 2012 ocorreu no primeiro dia do evento, o que deixou todos eufóricos. Um resumo do evento e o link para baixar as apresentações e as gravações das palestras (GRATUITO!!!) estão relacionados em http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/MMS-2012e28093Novidades-Importantes-e-Assista-o-Evento-Online.aspx

Em Abril recebi o convite para participar pela segunda vez de um evento do SQLPass, desta vez o #127 que ocorreu no Rio de Janeiro. Neste evento apresentei o conteudo sobre como garantir performance máxima do hardware e storage http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Palestra-no-SQL-Pass-Saturday-RJ-em-14Abr.aspx

No mes de Maio foi a vez do lançamento do System Center 2012 no Brasil, com um grande evento em que eu e o Marcio Tadashi da Dell apresentamos a solução implementada de SCCM 2012 no Hospital Albert Einstein http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Case-do-Hospital-Albert-Einstein-de-SCCM-2012e28093Evento-de-Lancamento-do-System-Center-2012.aspx

Em Novembro foi a vez do evento oficial de lançamento do Windows 8 no Brasil onde mais uma vez a Microsoft me convidou para participar com a palestra sobre Deployment do Windows 8 no Via Funchal. Evento de alto nível, mais uma vez http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Apresentacao-sobre-Deployment-do-Windows-8-no-Evento-de-Lancamento-Tecnico.aspx

Durante o mes de Novembro e Dezembro participei de uma iniciativa do time de MVPs que foi o MVP IT Show Cast (http://mvpitshowcast.wordpress.com/), uma série de 45 eventos. Os meus eventos deixei todos disponiveis, incluindo o presencial no canal do Youtube http://www.youtube.com/user/MMS0018888

Ainda em Dezembro apresentei a palestra “Saiba mais sobre Storages, NAS, SAN, FC e IOPS e escolha o melhor para cada cenário” no MCT Summit, encontro de todos os MCTs do Brasil http://www.mctsumm.it/Pages/Agenda.aspx

Em vários eventos pelo ano pude apresentar palestras no EBC da Dell para clientes sobre as novidades do Windows Server 2012, focando principalmente em virtualização.

MVA – Microsoft Virtual Academy

Durante o ano fui responsável pela organização de diversos cursos no MVA, que é um centro de treinamento oficial da Microsoft em diversos produtos:

Artigos e Destaques

No mês de Abril recebi o convite da Microsoft, por meio da agencia de publicidade, para criar conteudos relevantes sobre System Center 2012 e Private Cloud, alimentando o portal MIVP (Most Influential Virtualization Professional).

Este conteudo está todo disponivel por meio de artigos no portal MIVP sob o subtópico System Center http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/7533.portal-mivp-most-influential-virtualization-professional-pt-br.aspx?ocid=soc-n-br-loc

Mais uma vez a Microsoft criou uma campanha para gerar conteudo, desta vez com o nome “Windows Server League” onde 10 profissionais irão falar sobre o Windows 2012, e eu fui um dos selecionados: http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Lancamento-da-Campanha-Windows-Server-League.aspx

Certificações e Reconhecimentos

O mais importante do ano foi em Outubro recebi novamente o título MVP (Microsoft Most Valuable Professional), o que me alegra muito por ser um diferencial profissional de criação de conteudo na comunidade técnica http://mvp.microsoft.com/profiles/sincic

Mas também foi um ano de diversas certificações:

  • MCT – Microsoft Certified Trainer: Completei 12 anos como MCT em 2012
  • MCSE: Private Cloud (Microsoft Certified Solution Expert) – Envolve virtualização e System Center 2012 para gerenciamento de Datacenters
  • MCSA: Windows 2012 (Microsoft Certified Solution Associate) – Especialista em Windows 2012
  • MCITP: Virtualization Admin (Microsoft Certified IT Professional) – Especialista em Virtualização envolvendo Hyper-V, VDI e RDS
  • ITIL v3 Practioner – Atesta o conhecimento de procedimentos ITIL no gerenciamento de TI

Em 2012 por duas vezes recebi reconhecimento pela contribuição ao time de System Center, premio de influenciador pelo time de Data Protection Manager e o prêmio final com a viagem ao MMS 2012 pelo time de Operations Manager.

Alem disso, fico feliz que por 3 vezes fui reconhecido pelas contribuições no TechNet Wiki:

Estatisticas

Fiquei muito feliz pelo número de acessos ao meu site em português (http://www.marcelosincic.com.br)

Blog

Este ano fui surpreendido pelo número de visitas ao meu site transliterado para o inglês (msincic.wordpress.com) onde nos ultimos meses obtive quase o mesmo número de acessos que o meu blog principal em português:

Visitas WP

Conclusão

O ano de 2012 foi agitado pelo número de produtos lançados, mas ainda estamos começando a trabalhar com muitos deles.

Este ano de 2013 promete ser um ano de muitas novidades, portanto espero mais uma vez corresponder ao que a comunidade espera e gerar cada vez mais conteúdos relevantes!

Posted: dez 31 2012, 19:05 by msincic | Comentários (4) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

MVA sobre MAP (Microsoft Assessment Planning and Toolkit)

Hoje foi disponibilizado mais um treinamento no MVA que pude participar.

O MAP é uma ferramenta que não só faz o inventário de um ambiente com Windows, Linux, Oracle, MySQL e outros. Ele analisa os dados e permite saber quais migrações estão viáveis ou não gerando planilhas Excel com dados analíticos e relatórios de proposta em Word completas.

Assista e entenda melhor esta ferramenta: https://www.microsoftvirtualacademy.com/tracks/migrando-ambientes-com-map

image

Posted: dez 21 2012, 17:04 by msincic | Comentários (0) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 8 | Windows 2012

WMF 3.0 Causa Problemas com Exchange e SCCM

Em um post anterior comentei que para administrar um servidor Windows 2008 R2 com o Server Manager do Windows 2012 (http://www.marcelosincic.com.br/blog/post/Monitorando-Servidores-Windows-2008-R2-com-o-Windows-2012-Server-Manager.aspx) bastava instalar o Windows Manager Framework 3.0 (WMF 3.0).

Recentemente o WMF 3.0 passou a ser oferecido como opcional no Windows Update.

Porem, agora surgem avisos de que ele causa alguns comportamentos indesejados no Exchange 2007/2010 e SCCM 2012, com isso é bom verificar se o produto instalado no servidor será afetado. Os dois produtos estão confirmados, mas existem muitos relatos em foruns de problemas com scripts para SharePoint e .NET

Ou seja, pelo que é possivel entender o WMF 3.0 afeta o funcionamento do IIS e aplicações que utilizam o IIS e .NET ficam comprometidas.

Windows Management Framework 3.0 on Exchange 2007 and Exchange 2010

Configuration Manager Management Points collocated with clients fail after installing Windows Management Framework 3.0 and running Client Health Evaluation

Gravação da Palestra Gerenciando Private Cloud com System Center 2012 no MVP IT ShowCast na PUC

Na palestra de sábado, focamos o System Center de forma diferente. Ao invés de abordar todos os produtos e o cada um deles faz, o foco foi centralizado nas capacidades que são utilizadas em gerenciamento de Private Clouds, por exemplo, no SCCM cobrimos as funcionalidades de DCM e Software Update, já que as outras não são utilizadas em escala significativa para Private Cloud.

 

Private Cloud com System Center 2012 no MVP ITShowCast

Novo Microsoft Virtual Academy: Visão geral do Windows 2012

Hoje foi disponibilizado mais um curso no MVA da Microsoft com a visão geral do Windows 2012 separado em 7 módulos.

Neste novo MVA tive o prazer de trabalhar novamente com o Leandro Carvalho e o Prof.Andre Luiz

Clique aqui e complete mais um curso!   http://www.microsoftvirtualacademy.com/tracks/visao-geral-do-windows-server-2012 

image

Posted: dez 10 2012, 22:27 by msincic | Comentários (2) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filed under: Windows 2012 | Treinamento
Login
Marcelo de Moraes Sincic | Desenhando Soluções de Microsoft Lync 2013
MVP: System Center Cloud and Datacenter Management, MCT, MCSE, MCITP, MCPD, MCDBA
MVP Logo

Últimos posts

Categorias

Arquivo

Tags

Desenhando Soluções de Microsoft Lync 2013

Uma das tarefas de arquitetura é determinar posicionamento, carga, roles e configurações de um produto.

Em muitos produtos a Microsoft fornece aplicativos que permitem fazer o desenho  da topologia com informações detalhadas, e um destes é o Microsoft Lync Server 2013 Planning Tool disponivel em http://www.microsoft.com/en-us/download/confirmation.aspx?id=36823

A ferramenta é simples de instalar, mas muito útil e fornece informações que serviram de base para o desenho final. É importante lembrar que ferramentas de design de topologia servem de referência, mas cabe ao arquiteto utilizar estas informações para fazer o desenho final da solução desejada.

Irei neste artigo detalhar a ferramenta e a cada dado especificado tentar colocar o que será afetado na topologia conforme a opção escolhida.

 

Utilizando o Lync Planning Tool – Definição de Roles

Ao abrir a ferramenta podemos ver diversos detalhes e iniciar o processo. Do lado esquerdo temos uma série de links para entender a ferramenta, a barra de ferramentas com as funcionalidade de geração das planilhas Excel (XML) e desenho em Visio. No centro temos como ler um design salvo (File…Open…botão Display) ou criar um novo desenho em Design Sites:

09-09-2013 07-29-38

Ao iniciar o desenho de uma nova topologia será necessário inserir os dados de como o cliente irá utilizar o Lync. O primeiro destes dados é sobre Audio/Video conferencia que influirá diretamente no número de Frontend Servers necessários, apesar de ser ponto a ponto (peer-to-peer) quando utilizado o Lync Client:

09-09-2013 07-29-53

Dial-In é o recurso do Lync de permitir que um usuário entre na conferencia diretamente por um telefone comum utilizando um número criado para cada meeting. É importante lembrar que este recurso depende da integração entre o Lync e o PBX VoIP:

09-09-2013 07-30-11

Web Conferencing são as reuniões (meetings) entre usuários de Lync Client e usuário externos na internet. Diferente da primeira opção (Audio/Video), aqui estamos identificando que o cliente irá fazer reuniões com usuários não locais, o que é bem diferente e irá impactar em Edge Server e Frontend Servers:

09-09-2013 07-30-33

Enterprise Voice é o recurso da integração do Lync Server com o PBX VoIP, que alem da integração entre o cliente do Lync e o telefone também faz o encaminhamento de mensagens para o Exchange, o Voice Admissions para conferencias (Dial-in Conference) e outros recursos. Essencial lembrar que para isso é necessário ter a licença Lync Enterprise para o cliente e o servidor. Habilitar esta configuração impacta no numero de Frontend, Mediation e Gateway Server (se o PBX não é diretamente compatível com o Lync):

09-09-2013 07-30-47

Quando se implementa o recurso acima (Enterprise Voice) é possivel criar a integração entre o Lync Server e o Exchange Server. Por exemplo, ao receber uma mensagem na caixa postal do ramal esta mensagem é transformada em texto pelo reconhecimento de voz do Lync Server e enviada para o email do usuário em forma de texto e arquivo de som anexado. Esta configuração exige o Exchange Server 2010 e preferencialmente o Exchange 2013, alem de impactar no número de Frontend Servers:

09-09-2013 07-31-01

O CAC(Call Admission Control) é um recurso do Lync quando integrado ao PBX para trazer qualidade as ligações. Com ele o Lync controla a banda de VoIP fazendo o roteamento para linhas comuns (PSTN) quando a internet WAN utilizada para ligações IP estiver com tráfego alto.  É essencial para garantir qualidade nas ligações em sistemas integrados:

09-09-2013 07-31-14

A monitoração irá gerar dados detalhados da qualidade e utilização do Lync para estatisticas e geração de relatórios, o que permitirá ao administrador verificar a demanda e priorizar os investimentos na topologia quando precisar de expansões. Esta função é uma role separada de outras, apesar de ser possível ser compartilhada em um mesmo servidor físico Frontend:

09-09-2013 07-31-25

O Archive é o recurso que no Outlook cria uma pasta “Conversation History” ou um botão de histórico no Lync Client. Ele pode ser configurado para utilizar o SQL Server ou o Exchange 2013. O ideal é sempre utilizar o Exchange, assim a integração com o Outlook é garantida, porem apenas com o Exchange 2013 ela é possível. Utilizar o SQL Server irá criar uma base de dados pequena, uma vez que no IM (Instant Messenger) não costumamos utilizar imagens ou sons. É uma role separada, podendo ser compartilhada com outras roles assim como as outras:

09-09-2013 07-31-36

O Chat Persistente é um recurso utilizado para habilitar uma tab no cliente Lync 2013 onde é possivel criar conversações que ficam arquivadas e disponiveis para leitura posterior pública ou limitada a uma lista de usuários especificadas pelo criador da conversação. Impacta no número de Frontend Servers e no espaço utilizado no banco de dados do Lync:

09-09-2013 07-31-47

É a role que suporta o acesso para dispositivos móveis, lembrando que o Lync 2013 já possui clientes para iOS, Android e Windows Phone, permitindo inclusive chamadas de voz. Impacta no número de servidores Frontend e principalmente Edge Servers:

09-09-2013 07-31-56

O recurso de federação permite que os clientes do Lync internos se conectem com clientes MSN e outros. Com este recurso é possivel que os usuários corporativos usem o Lync para conversar com usuários Microsoft Live e impacta no número de Edge Servers necessários, e está disponivel gratuitamente no Lync 2013 para a licença Enterprise:

09-09-2013 07-32-07

Alta disponibilidade irá definir a necessidade de cluster do SQL Server e pools de Frontend e Edges Servers:

09-09-2013 07-32-17

Obviamente, serve apenas como informativo para os relatórios de ranges de IPs necessários no projeto final:

09-09-2013 07-32-27

 

Utilizando o Lync Planning Tool – Definição de Sites

No próximo passo é necessário definir quantos sites o cliente possui, o que será utilizado em cada site e para quantos usuários.

Note que as perguntas anteriores servem para indicar os recursos que serão considerados nesta fase. Ou seja, é possivel alterar as opções anteriores por clicar nos checkboxes em cada site. Conferir com cuidado o que cada site utilizará de recursos é importante neste ponto, já que em geral cada site tem diferentes necessidades:

09-09-2013 07-33-11

Esta opção serve apenas como informativo para o numero de certificados e o desenho final gerado, com os sites existentes no clientes:

09-09-2013 07-33-27

As próximas duas telas definem métricas de reuniões e voz que serão consumidas. Estes dados são baseados em experiência e histórico que podem ser obtidas com o pessoal de telecomunicações do cliente:

09-09-2013 07-33-37

09-09-2013 07-33-46

Para integração com o PBX é possivel utilizar gateways (equipamentos dedicados a fazer o roteamento entre o PABX tradicional e o Lync), SIP Truking (integração direta com o PBX VoIP e o Lync) ou conexão já existente. Estas definições são realizadas pelo pessoal de telecomunicações previamente ao design do Lync:

09-09-2013 07-33-56

Neste ponto definimos o percentual de usuários que tem ramais integrados para Unified Messaging. Na maioria das empresas não são todos os funcionários que possuem ramal próprio ou que precisem deste recurso, por exemplo para mesas de atendimento rotativo. Este dado é definido pelo cliente em questionários prévios:

09-09-2013 07-34-05

Defina quantos usuários irão fazer acesso externo, o que implica em mais servidores Edge do Lync:

09-09-2013 07-34-17

Defina quantos usuários utilizaram o recurso de Chat Persistente. Este dado é díficil de ser levantado, já que dificilmente a empresa terá isso antes do projeto. Porem, pode-se usar o percentual padrão de 20% que são aqueles que utilizam recursos assim, já que a grande maioria usa apenas o IM, sem criar salas de discussão. Um bom parametro para saber se este recurso é muito utilizado é por verificar a utilização de Pastas Públicas do Exchange:

09-09-2013 07-34-27

Defina o percentual de usuários que utilizarão os clientes Android, iOS e Windows Phone:

09-09-2013 07-34-35

Mediation Server é a role que faz integração entre o PBX e o Lync. Defina se irá utilizar um servidor único ou compartilhado para esta função. Obviamente que impacta no número de servidores e depende do número de ramais existentes no PBX:

09-09-2013 07-34-45

Por último defina sites que se conectam a sua estrutura. Neste caso são locais que conectam nos servidores localizados no site que foi definido e não locais onde haverá estrutura separada de servidores, o que e considerado outro site:

09-09-2013 07-37-02

Terminado de definir os dados do site, pode-se repetir a operação várias vezes para outros sites, lembrando que entende-se como "Central Site” aqueles locais onde haverá servidores Lync:

09-09-2013 07-37-15

 

Utilizando o Lync Planning Tool – Visualizando Resultados

09-09-2013 07-38-19

Ao clicar no botão Draw no final dos questionários podemos ver a topologia básica necessária, com os sites definidos.

Note que na lateral direita temos a configuração total de servidores necessários, onde temos a necessidade de servidores fisicos e roles:

09-09-2013 07-38-36

Clicando em cada site é possivel ver a estrutura sugerida, como o exemplo abaixo. Veja que na lateral direita em Ações é possivel retornar ao desenho global e ter acesso aos documentos online da Microsoft para as tarefas de planejamento, bem como a documentação de construção do ambiente:

09-09-2013 07-39-31

Ainda em cada site é possivel ver detalhes (3 abas seguintes), como a topologia IP para os servidores Edge com os ranges necessários, bem como as URLs. Importante que os ranges de IP e os nomes são apenas sugestões e precisam ser alterados para se adequar ao ambiente do cliente:

09-09-2013 07-41-18

09-09-2013 07-41-42

09-09-2013 07-41-53

 

Utilizando o Lync Planning Tool – Exportando os Dados

Utilizando a barra de ferramentas do Planning Tool vemos a possibilidade de criar um arquivo Visio com todos os diagramas gráficos mostrados nas imagens anteriores ou criar uma planilha Excel com os relatórios:

09-09-2013 07-38-49

O Visio exportado concentra todos os desenhos de topologia global e de sites separados em abas, podendo ser útil para apresentar ao cliente visualmente o design, uma vez que é possivel alterar os desenhos já que são baseados em stencils e não gráficos:

09-09-2013 07-43-13

A planilha Excel traz os relatórios de dados detalhados em abas, incluindo informações adicionais como o hardware necessário para cada servidor, o posicionamento e as configurações de firewall e certificados. Esta planilha é essencial na seção de requisitos a ser entregue ao cliente para preparação da implementação do ambiente Lync 2013:

09-09-2013 07-44-39

 

CONCLUSÃO

A ferramente Lync Server 2013, Planning Tool é um recurso inestimável para quem faz arquitetura de soluções tanto para pequenas quanto grandes empresas. Seus relatórios de necessidades de certificado, firewall e configurações ajudam mesmo quando estamos falando de um único servidor para todas as funções.

Posted: set 09 2013, 09:57 by msincic | Comentários (4) RSS comment feed |
  • Currently 0/5 Stars.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Comentários (4) -

André Novello said:

Ferramenta completa. Solução final 32 servidores básicos ahha. Gostei bastante do post. Dimensionar infraestrutura não é fácil, mas com um software de planejamento desse já é possível acelerar o desenvolvimento. Só ficou uma dúvida. Ele já dimensiona esse cenário com folga de recursos? Ou essa questão tem que ser trabalhada a parte. Escolha de quantos processadores por máquina Física, RAM?

# setembro 14 2013, 10:28

msincic said:

Olá Andre,

Dois documentos úteis para você pesquisar são:
technet.microsoft.com/en-us/library/gg425833.aspx
technet.microsoft.com/en-us/library/gg615015.aspx

O primeiro tem a ver com compartilhamento de papeis em um mesmo servidor. O segundo são as capacidades de cada role por usuário ou ambiente.

O wizard tem uma caracteristica que é ignorar os coallocations e todas as roles disponiveis, principalmente se você escolheu HA.

Um abraço

# setembro 16 2013, 22:52

THIAGO GERMANO BEIER said:

recentemente fiz um artigo sobre isso Sincic (antes de implantar o Lync)
http://thiagobeier.wordpress.com/2013/08/01/122/

abraços,
Thiago

# setembro 18 2013, 00:20

msincic said:

Muito bom Thiago!

# setembro 21 2013, 09:12
Os comentários estão fechados
Login